Seguidores amigos

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

FELIZ NATAL E UM PRÓSPERO 2012!


A todos que acompanham as notícias neste blog, seguem os nossos votos de felicidades neste Natal e no ano vindouro.
Que  luz do Menino Jesus abrilhante e renasça a cada dia em seus corações.

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

AULA 02 - PROFETA JONAS


Estudo Bíblico

Profeta Jonas

Aula 02

Introdução:

O profeta Jonas nasceu em Gate-Hefer, perto de Nazaré. Portanto, Jonas era galileu, assim como os profetas Naum, Malaquias e o próprio Jesus.
Ele profetizou no Reino do Norte durante a época do rei Jeroboão II, o rei mais poderoso de Israel. Jeroboão II reinou entre os anos 793 a 753 a.C.
Lembrando que na época anterior ao grande JC, a contagem era retroativa, ou seja; de trás pra frente.
Jonas precedeu o profeta Amós e predisse a expansão territorial conseguida por esse soberano, o que podemos comprovar em 2º Rs 14: 25-27.
A história do profeta Jonas é comprovada pelo próprio Jesus que o citou em Mt 12.39-41.
Assim como o profeta Moisés, Jonas relata os acontecimentos de sua experiência servindo ao Senhor e procura relatar neste livro toda glória de Deus e não a sua.
O livro de Jonas difere-se dos demais livros proféticos porque é escrito em forma de narrativa, já que os outros foram escritos em versos.

Capítulo 1:

Ø  O chamado:

“Jonas era um grande profeta. Provavelmente fazia parte dos profetas citados em 2º Rs 2.3 que tinham conexão com o profeta Elias. Os profetas há séculos estão a serviço do Senhor para fazer a diferença na vida das pessoas”.

***

Jonas recebeu uma ordenança da parte do Deus Altíssimo para pregar em Nínive.
Ora, Nínive era a capital do Império Assírio e a Assíria era o império mais temível dos inimigos de Israel, eles eram o povo mais pecador e o povo mais impiedoso daquela época.
Os ninivitas conspiravam contra Deus, exploravam os desamparados, eram cruéis, idólatras, feiticeiros e se prostituíam. 
Muitos dos compatriotas de Jonas haviam sofrido atrocidades nas mãos desse povo violento e este seria o último lugar que alguém em plena consciência gostaria de ir, principalmente se fosse um missionário.
Deus queria que Jonas advertisse seus habitantes sobre o juízo divino que cairia sobre aquela cidade caso não se arrependessem em 40 dias.
Deus queria que Jonas levasse uma mensagem sobre a redenção, de misericórdia e de perdão, porém Jonas resolveu tomar a direção contrária à ordem de Deus.
Jonas, assim como o povo israelita, odiava os ninivitas e não queria que Deus os perdoasse. Nem desejava que os gentios recebessem o amor e a misericórdia do Senhor.
Mas Deus não faz acepção de pessoas e queria que Jonas e todos os outros judeus entendessem isso!
O Senhor queria mostrar que Javé, que não é um Deus racional, mas um Deus para toda humanidade, pois para Ele todos são merecedores do favor e da graça divina!
E apesar de ser um profeta, um escolhido do Senhor, Jonas acaba se esquecendo de alguns dos atributos principais de Deus como a Sua Onipresença, Onisciência e Onipotência.
Como alguém poderia fugir de um Deus que tem todas essas qualidades, além de infinitas outras?

            Sem chance!



1.    Lendo o livro de Jonas aprendemos que:

Ser profeta está acima das vontades e dos interesses pessoais e sentimentais.


Ø  A FUGA:

2. Lendo o livro de Jonas aprendemos que:

Deus não se afasta das pessoas, as pessoas é que se afastam de Deus!

Jonas não queria apenas se afastar do Senhor.  Ele queria fugir da face do Senhor!

O profeta desce a cidade de Jope e embarca em um navio com destino a Társis.
Assim como Jonas, muitas pessoas hoje tentam fugir de Deus ou trilhar outros caminhos diferentes do que Deus tem ordenado ou planejado para elas.
Na maioria das vezes isso só traz problemas, desgaste e/ou maldição!

Jonas não era uma pessoa comum, ele era um grande profeta.
E sendo profeta, ele conhecia o poder de Deus e tinha muitas experiências vividas servindo ao Senhor.
Mesmo assim, acabou desobedecendo!

Amados, Jonas sabia que toda ação gera uma reação, que toda atitude gera uma consequência e que a lei da semeadura é verdadeira!
O profeta Jonas sabia que o ele plantasse, ao seu tempo, ele haveria colher.


Por isso, cabe aqui um aviso:

Quer colher bênçãos?
Semeie sementes de paz, de amor, de bondade etc.
Quer colher riquezas, prosperidade?
Semeie sementes de oferta, dê o dízimo, seja prudente.

Mas o que o profeta Jonas, inconsequentemente, plantou?

Ele plantou a desobediência!

Deixe-me abrir “aspas”, aqui, para falar rapidamente sobre a desobediência:

A desobediência pode causar a destruição do ser humano.
Ela não nos deixa ver as coisas da forma correta. Turva os nossos olhos e escurece a nossa alma!
Quando estamos em desobediência, não queremos ouvir a ninguém, muito menos sábios conselhos.
Há muitos exemplos na Bíblia Sagrada sobre o triste fim daquelas pessoas que desobedeceram a Deus.
No mundo real também conhecemos muitos tristes exemplos de pessoas que desobedeceram a Deus”.

O preço da desobediência pago por Jonas:

Ø  Colocou a vida de outras pessoas em risco: Jonas colocou a vida de pessoas que nada tinham a ver com a sua vida ou ministério em risco;

Ø  Prejudicou a vida do capitão e da tripulação do navio: Provavelmente, tiveram que atrasar a viagem e retornar ao porto mais próximo para consertar as avarias da embarcação. Isso se houve conserto, visto que estava para se quebrar. Sem contar o prejuízo financeiro...

Ø  Caiu em depressão: Ele vê a grande tempestade, vê o desespero da tripulação, vê que o navio estava para se quebrar e o que ele faz? Arrepende-se? Não!
Decide ir até o porão para dormir.
Jonas literalmente caiu nos braços de Morfeu!
Jonas não sentia remorsos, não se arrependia; não se achava errado...
Contudo, ainda assim, dormiu um sono profundo, ou seja; caiu em DEPRESSÃO!
A Bíblia diz que o Senhor conservará em perfeita paz aquele cujo propósito é firme. Mas, agora, Jonas não tinha mais propósitos em sua vida. E, por isso, uma tristeza tão profunda se abateu sobre ele. Viver ou morrer não importava mais!

Ø  Foi lançado ao mar. Jonas precisava se redimir com Deus e resolveu obedecê-lo. Ele tinha que fazer o caminho de volta, tanto geográfico como espiritual. Também precisava assumir suas responsabilidades como profeta e salvar a tripulação. Como? Sendo lançado ao mar. E, para trazê-lo de volta a terra de Nínive, Deus prepara um grande peixe que o engoliu e por lá esteve três dias e três noites.

3. Lendo o livro de Jonas aprendemos que:

É melhor obedecer do que pagar o preço!

Por Renata Brandão
Copyright proibida. Todos os direitos reservados.




AULA 01 - PROFETA JONAS


Estudo Bíblico

Profeta Jonas

Aula 01

Informações Especiais:

Autor: Jonas, filho de Amitai

Data: Aproximadamente: 785 a 760 a.C.

Lugares-chave: Jope e Nínive

Pessoas-chave: Jonas, o capitão do navio e a tripulação

Significado do Nome Jonas: Pomba

Origem do Nome Jonas: Hebraica

Quantidade de capítulos: 4 (quatro)

Propósitos do Livro de Jonas:

·         Mostrar a extensão da graça de Deus;
·         Mostrar o alto valor da ação missionária;

As lições que aprendemos ao ler este livro:
     
·         Aprendemos que Deus é soberano e sempre realiza a sua vontade;
·         Aprendemos que é impossível qualquer tentativa de fugir de Deus;
·         Aprendemos que quando estamos em desobediência nos tornamos maldição onde quer que estejamos;
·         Aprendemos que o caminho da desobediência sempre nos coloca em meio a enrascadas e
·         Por último, e não menos importante, aprendemos que Deus nos está sempre pronto a nos ensinar que ninguém está fora do alcance da redenção.

Jonas é um dos 12 últimos livros do AT. Todos estes últimos 12 livros do AT contam a vida dos profetas, seus feitos e suas experiências servindo ao Senhor. Eles ficaram classificados na Bíblia Sagrada como profetas menores, apenas por causa do tamanho dos seus livros. Esta classificação não tem nenhuma relação com a relevância de suas mensagens, quantidade de milagres ou nível de poder. Estes últimos 12 livros possuem um pequeno volume literário.


quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

AULA 03 - LIVRO DE RUTE


Esta é a última aula sobre o livro de RUTE.
Espero que tenham aproveitado bem estas semanas de aula, durante o nosso programa de rádio: A Nossa Festa Gospel.

Inúmeros são os ensinamentos que podemos ter ao estudarmos o livro de Rute.
Mas, relacionamos, abaixo, três pontos que achamos principais:

1º) Deus está no controle.

Elimeleque não sabia o que sucederia ao sair de sua terra natal, Belém, para ir morar em Moabe.
Ele não sabia que passaria por uma grande fome, que sofreria com o preconceito étnico e religioso, muito menos que morreria e que a sua descendência teria fim, com as mortes dos seus filhos Malom e Quiliom.
Mas DEUS ONISCIENTE E MARAVILHOSO tinha e tem tudo sob o Seu controle.
Deus permite que tal mudança se faça necessária para que realmente não aja acepção de pessoas em seu reino. Dessa forma, através da vida de Rute, uma moabita, e de Boaz, descendente de Raabe, uma antiga prostituta de Jericó, veio ao mundo por esta linhagem Seu Filho Unigênito, O Messias, NOSSA ESTRELA DA MANHÃ, JESUS CRISTO.

2º) Sogras e noras podem se dar bem 


Noemi trouxe Rute até Deus d'Israel através do amor.
Ela deveria ser uma pessoa amável e de boa índole. Destarte, facilitando a aproximação de ambas, o carinho, a amizade e o respeito entre elas era tão profundo a ponto de Rute expressar o versículo mais importante de todo livro: Rt 1.16 
Seguindo este belo exemplo podemos crer que sogras e noras podem se dar bem.
No RJ, tem um comediante muito irreverente, chamado Dicró. Ele é muito famoso, inclusive, por suas piadas e anedotas sobre sogras.
Contudo, em entrevista exclusiva, numa grande emissora de televisão foi bem enfático ao dizer que se dá muito bem com a sua sogra e que todas aquelas piadas e anedotas são necessárias por conta do seu trabalho como humorista.
Vê?
Há esperanças para a sua família!
Piadas de sogras são muito engraçadas, mas isso só é engraçado na ficção. Porque na vida real, esse tipo de discórdia não faz bem para ninguém, muito menos para a saúde familiar.
Se ainda considera sua sogra como uma bruxa ou jararaca, lembre-se que até as bruxas e as jararacas possuem corações.
Lembre-se de que graças a ela, você tem o seu(sua) amado(a).
Tente um recomeço! Ore a Deus, peça sabedoria, novas estratégias.
Ao fim, tudo dá certo.
Com amor, respeito e educação barreiras podem ser vencidas. Mesmo que essas barreiras venham de alguém agressivo, desequilibrado, inconveniente etc.
Lembre-se de que: "Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura!".
E que tu és mais que um(a) vencedor(a) em Cristo Jesus!

3º) Prosperidade e bênçãos são derramadas

Ser mulher e viúva ainda por cima, não era uma condição fácil naquela época. Muitas delas, morriam a míngua.
Mas Deus as cuidou, as protegeu, as levou em segurança até a cidade de Belém.
Elas chegaram em Belém como pobres viúvas, mas logo tornaram-se prósperas através do casamento de Rute e Boaz. Mas, a maior bênção, não foi o dinheiro vindo por este casamento ou o nascimento da  criança. A maior bênção foi a qualidade do amor e respeito entre rute, Boaz e Noemi que passou a ser ama, ou seja, babá de Obede. A maior bênção foi pertencer a genealogia de Yeshua Hamashia.

Próximos estudo: Livro do Profeta JONAS

Jesus te ama e eu também!

Jesus te ama e eu também!

Em qual posição você se encontra na imagem abaixo?

Em qual posição você se encontra na imagem abaixo?
No altar? Em santidade! Ajoelhado, próximo ao altar? Em santidade! Em pé na igreja? Solte a cadeira e adore! Sentado? Levante-se e adore ao Senhor! Indiferente? O joio não adora a Deus! Você acha que não está representado no desenho? Cuidado! Você pode estar do lado de fora!