Seguidores amigos

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Pavê de Frango

Que delícia!
Faça e depois comente.

Ingredientes:

2 colheres de óleo
1 ½ kg de peito de frango cortado em tirinhas.
4 tomates sem pele e sem sementes
2 colheres de sopa de salsa cortadinha
3 tabletes de caldo de galinha
3 pãezinhos amanhecidos, cortados em rodelas bem finas
2 colheres de sopa de margarina
3 colheres de sopa de farinha de trigo
2 xícaras de chá de leite morno
1 lata de creme de leite
Queijo parmesão ralado.

Modo de Fazer: Aqueça o óleo e doure muito bem as tirinhas de frango de todos os lados. Acrescente os tomates, a salsa, dois tabletes do caldo de galinha e três xícaras de chá de água fervente. Mexa bem para dissolver os tabletes. Tampe e cozinhe em fogo baixo por 40 minutos ou até que o frango quase se desfaça.
Retire-o da panela. Num refratário de 22x35cm untado com margarina, forre com as fatias de pão, espalhe o refogado de frango e reserve.
À parte, derreta a manteiga e doure nela a farinha de trigo.
Adicione aos poucos leite, sempre mexendo, até obter um creme.
Junte o outro tablete de caldo de galinha e misture até dissolver por completo. Adicione a lata de creme de leite, mexa bem e despeje-o sobre o frango.
Polvilhe o queijo ralado e leve ao forno por cerca de 25 minutos ou até gratinar.

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Batida de Maracujá sem álcool

Ingredientes:

1 lata de leite condensado
3 medidas da lata de leite condensado de suco concentrado de maracujá
2 medidas da lata de leite condensado de guaraná
1 caixinha de creme de leite

Modo de Fazer:

Coloque todos os ingredientes no liquidificador e bata bem.
Sirva bem gelado.

Dica: Troque o sabor do suco concentrado e tenha uma variedade
de sabores.

Rabanada Suprema

Ingredientes:
2 pães de rabanada cortados em fatias
2 latas de leite condensado
1 colher de chá de essência de baunilha
1 medida da lata de leite condensado de água
3 ovos batidos
Açúcar de confeiteiro e canela em pó à gosto.

Modo de Fazer:

Junte o leite condensado, água e a baunilha e misture bem. Mergulhe cada fatia de pão nesta mistura e escorra o excesso. Em seguida passe as fatias de pão nos ovos batidos. Escorra o excesso e depois frite em óleo quente e fogo baixo. Deixe dourar por igual. Coloque sobre papel absorvente e deixe secar.

Dica: Polvilhe o açúcar de confeiteiro em uma metade e na outra a canela em pó.

Docinhos de Festa: Que Delícia!

Ingredientes:

Massa:
½ pacote de biscoito recheado de chocolate preto
2 latas de leite condensado
1 pacote de 50g de coco ralado
2 gemas
1 colher de sopa de margarina

Recheio:
Amendoim ou amêndoa triturados à gosto

Banho de Caramelo:
2 xícaras (chá) de açúcar granulado
¾ de xícara (chá) de água
3 colheres de sopa de vinagre branco
1 colher de chá de glucose* (opcional – para dar mais durabilidade ao caramelo)

Modo de Fazer:

Massa: Triture os biscoitos num processador até transformá-los em farinha. Adicione o restante dos ingredientes e leve ao fogo brando mexendo sempre até soltar do fundo da panela.
Retire do fogo e deixe esfriar.
Modele os bombons com recheio de amendoins ou amêndoas triturados, depois mergulhe os bombons com um garfo ou palito de churrasco no banho de caramelo.

Banho de Caramelo:
Coloque a água com o açúcar no fogo para ferver até formar uma calda grossa em ponto de fio forte. Dado o ponto de fio forte, coloque o vinagre e a glucose. Deixe ferver dando a cor caramelada.
Retire do fogo e mergulhe os bombons. Coloque em recipiente untado com manteiga e após esfriar, arrume em forminhas decoradas.

Tipos de Textos

Descritivo, Narrativo e Dissertativo

Descritivo: Faz uma descrição do que se viu ou se observou. Sendo que esta descrição é estática, sem movimento.
O ser, o objeto e o ambiente são importantes, ocupando lugar de destaque na frase o substantivo e o adjetivo.

O texto descritivo pode ser : Denotativo ou Conotativo

A descrição denotativa possui uma linguagem direta, objetiva, sem metáforas ou figuras literárias.
Já a descrição conotativa possui uma linguagem rica em polivalência e sentido figurado.

Narrativo: Narra os fatos. Conta. Consiste na elaboração de um texto inserindo acontecimentos e personagens. Possui movimento e pode ser Fictício ou Factual.

Neste tipo de texto, o fato é o ponto central da ação, sendo o verbo o elemento principal.
Pode ser escrito em 1ª Pessoa (narrador) ou em 3ª Pessoa (narrador-observador).

Dissertativo: é o desenvolvimento de um tema qualquer.

* Existem regras para se construir um bom texto e a primeira delas é que todo o texto deve possuir: introdução, desenvolvimento e conclusão.

Partícula Expletiva

Estudo de Casos

01) “Eles é que mandam” ou “Eles são que mandam”?

Para esta resposta é preciso saber o que significa PARTÍCULA EXPLETIVA ou PARTÍCULA DE REALCE .
Como o próprio nome já diz esta partícula serve para realçar, enfatizar e só tem efeito decorativo na frase. As partículas, palavras e expressões expletivas não exercem qualquer função sintática na oração e têm apenas valor estilístico, expressivo.
Ela tanto pode ser usada com o pronome relativo “que” quanto com a expressão “é que”.
O verbo ser por vir no presente (é), passado (foi, era ou fora) ou no futuro (será, seria), mas sempre utilizada na 3ª pessoa do singular.
Ocorre a partícula expletiva quando ao retirarmos da frase as partículas “que” ou “é que”, não há prejuízo para o significado ou compreensão do período.
Se voltarmos à frase apresentada e retirarmos o verbo ser (é) + o pronome relativo (que) para testarmos a possível formação da partícula expletiva temos: Eles mandam.
Portanto, não há necessidade de se utilizar os elementos retirados, logo; formam uma partícula expletiva ou de realce, daí a forma correta deve ser grafada com o verbo na 3ª pessoa do singular: Eles é que mandam.
Existe ainda o uso das partículas cá, lá, dos pronomes oblíquos me, te, se, nos e vos, como partículas expletivas, sendo que estes últimos usados com o verbo intransitivo e com o sujeito claro, entre muitos outros. Veja:

a) Tenho minhas dúvidas.= Tenho minhas dúvidas.
b) Sabe-se o que foi fazer ali...= Sabe-se o que foi fazer ali...
c) Quase que caí da escada. = Quase caí da escada.
d) Maria, não me venha com essa lengalenga outra vez.= Maria, não venha com essa lengalenga outra vez.
e) João foi-se embora sem avisar.= João foi embora sem avisar.

Vamos aos exercícios:

01- (UM-SP/94):

Ó tu
Que és presidente
Do Conselho Municipal
Se é que tens mulher e filhos,
Manda tapar os buracos da
Rua dos Junquilhos.
(Artur Azevedo)

A palavra que aparece duas vezes no texto com a seguinte classificação morfológica, respectivamente:

a) pronome relativo, partícula expletiva.
b) partícula expletiva, pronome relativo.
c) pronome relativo, conjunção integrante.
d) conjunção integrante, pronome relativo.
e) partícula expletiva, conjunção integrante.

02- Relacione a primeira coluna com a segunda.

(1) Conjunção Subordinativa
(2) Advérbio
(3) Pronome
(4) Interjeição
(5) Partícula Expletiva ou de Realce
( ) Quê! Você ainda está aqui?
( ) Que lindo foi teu gesto!
( ) Esperava que eles me entendessem.
( ) Quase que eu perco o jogo.
( ) Devolvi o dinheiro que me deram por engano.

03 – Das frases abaixo, quais delas usa o valor expressivo da Partícula de realce, reescreva-as se for o caso:

a) Nós é que fizemos o trabalho e não ela. _______________________________________

b) As garotas, que são minhas amigas,chegaram.
__________________________________

c) É do professor Nelson que precisamos para retirarmos esta dúvida.
_________________________________________________
Sites relevantes:
http://www.gramaticaonline.com.br/ acedido em 14/09/2009.

Jesus te ama e eu também!

Jesus te ama e eu também!

Em qual posição você se encontra na imagem abaixo?

Em qual posição você se encontra na imagem abaixo?
No altar? Em santidade! Ajoelhado, próximo ao altar? Em santidade! Em pé na igreja? Solte a cadeira e adore! Sentado? Levante-se e adore ao Senhor! Indiferente? O joio não adora a Deus! Você acha que não está representado no desenho? Cuidado! Você pode estar do lado de fora!